Busca

blog SBPRP

Categoria

Ateliê do pensar

Homenagem ao Fernando, por Daniel Rodrigues de Freitas

Tchau, irmão Daniel Rodrigues de Freitas Vimos, por meio desta, avisar que perdemos um pedaço. Um integrante central, muito “de dentro”, nuclear eu diria. Nosso querido amigo Fernando Camargo Aranha. Seria ele, a pessoa perfeita para escrever essas palavras. Queremos... Continue lendo →

Poema “O sonho do sonho”, de Denise Zanin

O sonho do sonho por Denise Zanin, membro filiado da SBPRP A tessitura do sonho E suas frestas... O que precisa ser confeccionado Para um sonho compartilhado?   Sonhar o berço do sonho Para abriga-lo Sonhar seu fluxo Seu caminho... Continue lendo →

Estranhar-se, entranhar-se

por Denise Zanin, membro filiado da SBPRP Depois da busca por ser familiar, tornar-se estranho. Entranhar-se, descobrir novas formas de ser. Pertencer a nada. Do contato que urge por existir (é mais tarde do que supõe!), ao que inspira o... Continue lendo →

O Pessegueiro

por Luciano Bonfante, membro filiado da SBPRP Estar à espera de se tornar planta, lembrar-se de ter sido animal, ter vindo de muito longe para esperar: tornar-se, isto é: adquirir o seu repouso. Maria Filomena Molder Fincado próximo ao ângulo... Continue lendo →

Encontros com Despê 

por Maira Cecília Avi, membro filiado da SBPRP Durante minha vida costumo frequentar muitas salas de espera. Algumas posso descrever com nitidez a cor das paredes, os móveis, os enfeites e as revistas. Outras, não gozam desta clareza, pois existem... Continue lendo →

Poema “As diferenças entre nós”, de Maira Cecília Avi

por Maira Cecília Avi, membro filiado da SBPRP As diferenças entre nós me mostram que eu sou eu e você é você. Será possível sermos nós? Se eu sentir as diferenças como nós, poderei pensar que as barreiras são intransponíveis... Continue lendo →

Café com Borges e pensamentos selvagens

por Maira Cecília Avi, membro filiado da SBPRP Jorge Luis Borges é para mim um escritor familiar. Na realidade, tenho com ele uma relação de bons vizinhos que se encontram quase todos os dias. Às vezes para um cafezinho, outras... Continue lendo →

Poema “Águas de mim”, de Silvana Vassimon

ÁGUAS  DE   MIM por Silvana Vassimon, membro efetivo com funções didáticas da SBPRP e membro associado da SBPSP tudo em mim chora. silenciosa deslizando como neve na encosta da montanha desce a água do meu mar. lívida, observo plácida água... Continue lendo →

A Quase Descriação do Mundo, por Maira Avi

Satã estava muito angustiado com toda a sua alegria dolorida que vivia no Inferno. Como todas as vezes que essa angústia se abatia sobre ele, decidiu dar uma volta fora dos domínios do Inferno para tomar uma fresca, um vento... Continue lendo →

WordPress.com.

Acima ↑